Fitness Line
R$ 67,50
1
R$ 67,50
2
R$ 24,90
3
R$ 159,90
4
R$ 169,90
5
Fitness Line
R$ 39,90
1
R$ 67,50
2
R$ 67,50
3
R$ 119,90
4
R$ 58,90
5
aplicativo iMuscles 3.589 atletas
faça uma busca >>
BUSCA
Olympia
Arnold Classic
Arnold C. Brasil
Arnold C. Espanha
Arnold C. Australia
+25 Curtir
Com testosterona e sem test...
0 Curtir

Curta Prof. Leandro Rhein >...

0 Curtir
abrir
HORMONIO DO CRESCIMENTO Dr. Antonio Felix - Médico Colunista de Medicina Esportiva ARTIGO MÉDICO – N. 53 - AUTOR: DR. ANTONIO FELIX DOS SANTOS FILHO – MÉDICO REPOSIÇÃO HORMONAL - HORMÔNIO DO CRESCIMENTO Com as evoluções recentes da medicina e ciências biológicas em geral, estamos observando vários usos práticos e modernos para o benefício do ser humano.Como exemplo temos a descoberta genética – recombinação – para a produção de medicamentos hormonais. Esses hormônios são utilizados para a reposição hormonal em pessoas necessitadas. Para que nós médicos saibamos se alguém está com deficiência hormonal é necessário que realizemos um exame físico geral e solicitemos exames complementares para confirmarmos esta deficiência. Como exemplo vamos citar pacientes do sexo masculino com baixa do hormônio do crescimento. Inicialmente vamos falar um pouco sobre este hormônio. GH- Growth Hormone – ou human growth hormone ( hGH) – hormônio do crescimento humano ( a estrutura do GH difere entre as espécies ): é um hormônio anabólico que afeta todos os sistemas corporais e é importante no crescimento muscular.É composto por 191 aminoácidos ( estruturas que formam as proteínas do corpo ). Antigamente as indústrias farmacêuticas produziam o GH a partir de glândulas pituitárias retiradas de cadáveres.Isto terminou em 1984 quando cientistas descobriram uma ligação entre este GH e o desenvolvimento de uma doença viral conhecida como “ doença de Creutzfeldt-Jakob. Em 1985 foi aprovada para uso a primeira versão da bioengenharia do hGH.Em 1987 outro produto recombinante – somatropin ou somatropina - foi liberado para uso. Em 1990, exatamente no dia 27 de julho o jornal Folha da Tarde, em artigo escrito pelo jornalista Lupercio Tomaz, na pagina 04, apresentou o autor deste texto, Dr. Antonio Felix dos Santos Filho como “um dos pioneiros na utilização do hormônio de crescimento no Brasil” em artigo cujo título é “ELIXIR DA JUVENTUDE”. Na época, um médico pesquisador americano apresentou um trabalho com idosos onde demonstrou que a administração do hormônio por um mínimo de 6 meses levava à melhora na espessura e elasticidade da pele, redução do tecido gorduroso, aumento dos músculos e fortalecimento dos ligamentos e tendões. Sabe-se que, a partir dos 30 anos de idade, a produção do hormônio de crescimento pelo organismo humano vai decrescendo até chegar em torno de um quinto daquilo que era produzido na adolescência. O GH tem seu uso preciso em determinadas doenças : BAIXA ESTATURA POR DEFICIÊNCIA DE GH ; PUBERDADE PRECOCE E USO DE GH ; EMPREGO DE GH EM ADULTOS COM DEFICIÊNCIA DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ; EMPREGO DO HORMONIO DO CRESCIMENTO EM IDOSOS( doenças com nomes antigos como nanismo hipofisário, etc ) contudo, vem sendo usado de forma indiscriminada por praticantes de esporte em todo o mundo e no Brasil. NOS CANTINHOS DE ALGUMAS ACADEMIAS PELO MUNDO TODO ALGUNS USUÁRIOS SEM CONTROLE NENHUM DIZEM QUE O GH POSSUE PROPRIEDADES ANABÓLICAS EXAGERADAS LEVANDO A UM GRANDE AUMENTO DOS MÚSCULOS E DA FORÇA CORPÓREA. Um alerta: embora o produto comprado de laboratórios reconhecidos seja inteiramente adequado para o uso, o mesmo não podemos dizer de frascos contrabandeados , vendidos ilegalmente, sem prescrição ou acompanhamento médico, os quais podem levar diversos danos ao organismo humano. Contudo, não se pode sair por ai comprando GH de qualquer modo.É preciso um bom acompanhamento médico de profissional que entenda desta área pois, existem vários efeitos colaterais como aumento da taxa de açúcar no sangue, hipertensão arterial, distúrbios cardíacos, deformações na face, mãos e outras extremidades do corpo.O uso indiscriminado do GH pode levar a uma doença conhecida como Acromegalia com hipertrofia do ventrículo esquerdo e diminuição da capacidade para o exercício. Este hormônio tem um preço relativamente alto em comparação com outros medicamentos.Como exemplo, nos Estados Unidos alguns atletas chegam a gastar cerca de 30.000 dólares (em torno de R$ 72.000,00 com o dólar a R$ 2,40 ) por ano somente com o GH. Está existindo um aumento crescente de interesse pelo uso do GH em homens com idade mais avançada pelos efeitos do hormônio nesta faixa etária, tais como: aumento da força muscular, melhora da densidade óssea, do aspecto da pele, da motivação, da composição corporal, redução da gordura e outros. EM RESUMO O GH, JUNTAMENTE COM OUTROS HORMONIOS, PROMOVE EM CERTAS FASES DA VIDA UM AUMENTO DOS ÓSSEOS, DA MASSA MUSCULAR, MELHORA NA ESTRUTURA DA PELE, NO ÂNIMO, DISPOSIÇÃO E ASSIM POR DIANTE. TAMBÉM, A SUA DEFICIÊNCIA VAI LEVANDO O ADULTO A MANIFESTAR SINTOMAS E SINAIS. Alguns estudos científicos americanos demonstram que o uso de GH por um período curto em nada melhora as condições do corpo humano. Em resumo: há lugar na terapêutica moderna para a reposição hormonal do GH. É preciso uma boa avaliação médica, exames laboratoriais, administração por um período de meses com exames clínicos periódicos e exames de controle para se evitar os efeitos colaterais. Os bons resultados são aparentes naqueles que fazem o uso adequado levando a uma melhora do estilo de vida com recuperação de bons hábitos perdidos como a prática de exercícios, melhora do humor , disposição para as atividades e assim por diante. Curta Medicina Desportiva http://www.muscles.com.br/_colunistas/dr-antonio-felix/colunas/hormonio-do-crescimento/
0 Curtir
abrir
Estresse x Atividade Física Leandro Rhein - Neurocientista Colunista de Saúde e Atividade Física A reação ao estresse do corpo é uma dádiva natural da evolução, pois é acionada por um instinto primitivo de sobrevivência, sem a qual nós não estaríamos sobrevivido aos milhares de anos de existência. Essa reação varia de moderada a intensa, dependendo do fator predisposto. O estresse severo ativa a fase de emergência, a tal da ?luta e fuga? ? reação fisiológica complexa que conduz os recursos a mobilizarem o corpo e o cérebro e gravar a lembrança do que aconteceu, de modo a evitá-lo da próxima vez que ocorra. ?onde exatamente estava o perigo? ? não volto mais lá?? Essa circuitária afeta o cérebro se repetida inúmeras vezes seguidamente. Os homens primitivos não voltavam mais na região ou local a fim de evitar novos confrontos, e o homem moderno? Bem, ele é obrigado a retomar a esse local, muitas vezes, em algumas situações, até rotineiramente ? ou seja, ficar horas parado no congestionamento, enfrentar árduas horas de transporte público lotado, trabalhos repetitivos e estressantes, e por aí vai. A reação de luta ou fuga aciona vários dos mais poderosos hormônios do corpo e um grande numero de neuroquímicos do cérebro. A amígdala cerebral é o botão de pânico do nosso cérebro, ela dispara uma reação em cadeia ao receber um estimulo sensorial acerca de uma possível ameaça ao equilíbrio do status quo do organismo. E age sobre as exigências emocionais boas e ruins no sentido neuroevolucionista de prosperar e procriar. A amígdala se relaciona com outras partes do cérebro e assim recebe uma grande gama de estímulos ? alguns encaminhados ao córtex pré-frontal. A amígdala estimulada em menos de dez milésimos de segundos dispara mensagens que estimulam a glândula suprarrenal a liberar diferentes gamas de hormônios. Num primeiro momento a norepinefrina que dispara impulsos elétricos imediatos que viajam pelo sistema nervoso simpático e ativam a glândula suprarrenal a liberar epinefrina ou adrenalina ? a frequência cardíaca, a pressão sanguínea e a respiração aumentam ? efeitos do estresse. O fator liberador de corticotrofina e norepinefrina vai até o hipotálamo, que irá induzir a glândula pituitária a ativar outra porção da glândula suprarrenal, liberando o cortisol (hormônio importante no processo de estresse). Podemos fugir desse processo? Essa é a questão estudada pelos neurocientistas da atualidade, como viver uma vida como menos estresse? Afinal, o motivo da reação de luta ou fuga é nos mobilizar para a ação, portanto para a atividade física é o caminho natural para impedir as consequências negativas do estresse. Quando nos exercitamos em reação ao estresse, estamos fazendo algo que os seres humanos aprenderam a fazer ao longo dos últimos milhões de anos. Curta Prof. Leandro Rhein http://www.muscles.com.br/_colunistas/leandro-rhein/colunas/estresse-x-atividade-fisica/
2 Curtir
Barra de proteína cas...
1 Curtir
Pingente Halter Fixo ...
3 Curtir
abrir
HORMONIO DO CRESCIMENTO Dr. Antonio Felix - Médico Colunista de Medicina Esportiva ARTIGO MÉDICO – N. 53 - AUTOR: DR. ANTONIO FELIX DOS SANTOS FILHO – MÉDICO REPOSIÇÃO HORMONAL - HORMÔNIO DO CRESCIMENTO Com as evoluções recentes da medicina e ciências biológicas em geral, estamos observando vários usos práticos e modernos para o benefício do ser humano.Como exemplo temos a descoberta genética – recombinação – para a produção de medicamentos hormonais. Esses hormônios são utilizados para a reposição hormonal em pessoas necessitadas. Para que nós médicos saibamos se alguém está com deficiência hormonal é necessário que realizemos um exame físico geral e solicitemos exames complementares para confirmarmos esta deficiência. Como exemplo vamos citar pacientes do sexo masculino com baixa do hormônio do crescimento. Inicialmente vamos falar um pouco sobre este hormônio. GH- Growth Hormone – ou human growth hormone ( hGH) – hormônio do crescimento humano ( a estrutura do GH difere entre as espécies ): é um hormônio anabólico que afeta todos os sistemas corporais e é importante no crescimento muscular.É composto por 191 aminoácidos ( estruturas que formam as proteínas do corpo ). Antigamente as indústrias farmacêuticas produziam o GH a partir de glândulas pituitárias retiradas de cadáveres.Isto terminou em 1984 quando cientistas descobriram uma ligação entre este GH e o desenvolvimento de uma doença viral conhecida como “ doença de Creutzfeldt-Jakob. Em 1985 foi aprovada para uso a primeira versão da bioengenharia do hGH.Em 1987 outro produto recombinante – somatropin ou somatropina - foi liberado para uso. Em 1990, exatamente no dia 27 de julho o jornal Folha da Tarde, em artigo escrito pelo jornalista Lupercio Tomaz, na pagina 04, apresentou o autor deste texto, Dr. Antonio Felix dos Santos Filho como “um dos pioneiros na utilização do hormônio de crescimento no Brasil” em artigo cujo título é “ELIXIR DA JUVENTUDE”. Na época, um médico pesquisador americano apresentou um trabalho com idosos onde demonstrou que a administração do hormônio por um mínimo de 6 meses levava à melhora na espessura e elasticidade da pele, redução do tecido gorduroso, aumento dos músculos e fortalecimento dos ligamentos e tendões. Sabe-se que, a partir dos 30 anos de idade, a produção do hormônio de crescimento pelo organismo humano vai decrescendo até chegar em torno de um quinto daquilo que era produzido na adolescência. O GH tem seu uso preciso em determinadas doenças : BAIXA ESTATURA POR DEFICIÊNCIA DE GH ; PUBERDADE PRECOCE E USO DE GH ; EMPREGO DE GH EM ADULTOS COM DEFICIÊNCIA DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ; EMPREGO DO HORMONIO DO CRESCIMENTO EM IDOSOS( doenças com nomes antigos como nanismo hipofisário, etc ) contudo, vem sendo usado de forma indiscriminada por praticantes de esporte em todo o mundo e no Brasil. NOS CANTINHOS DE ALGUMAS ACADEMIAS PELO MUNDO TODO ALGUNS USUÁRIOS SEM CONTROLE NENHUM DIZEM QUE O GH POSSUE PROPRIEDADES ANABÓLICAS EXAGERADAS LEVANDO A UM GRANDE AUMENTO DOS MÚSCULOS E DA FORÇA CORPÓREA. Um alerta: embora o produto comprado de laboratórios reconhecidos seja inteiramente adequado para o uso, o mesmo não podemos dizer de frascos contrabandeados , vendidos ilegalmente, sem prescrição ou acompanhamento médico, os quais podem levar diversos danos ao organismo humano. Contudo, não se pode sair por ai comprando GH de qualquer modo.É preciso um bom acompanhamento médico de profissional que entenda desta área pois, existem vários efeitos colaterais como aumento da taxa de açúcar no sangue, hipertensão arterial, distúrbios cardíacos, deformações na face, mãos e outras extremidades do corpo.O uso indiscriminado do GH pode levar a uma doença conhecida como Acromegalia com hipertrofia do ventrículo esquerdo e diminuição da capacidade para o exercício. Este hormônio tem um preço relativamente alto em comparação com outros medicamentos.Como exemplo, nos Estados Unidos alguns atletas chegam a gastar cerca de 30.000 dólares (em torno de R$ 72.000,00 com o dólar a R$ 2,40 ) por ano somente com o GH. Está existindo um aumento crescente de interesse pelo uso do GH em homens com idade mais avançada pelos efeitos do hormônio nesta faixa etária, tais como: aumento da força muscular, melhora da densidade óssea, do aspecto da pele, da motivação, da composição corporal, redução da gordura e outros. EM RESUMO O GH, JUNTAMENTE COM OUTROS HORMONIOS, PROMOVE EM CERTAS FASES DA VIDA UM AUMENTO DOS ÓSSEOS, DA MASSA MUSCULAR, MELHORA NA ESTRUTURA DA PELE, NO ÂNIMO, DISPOSIÇÃO E ASSIM POR DIANTE. TAMBÉM, A SUA DEFICIÊNCIA VAI LEVANDO O ADULTO A MANIFESTAR SINTOMAS E SINAIS. Alguns estudos científicos americanos demonstram que o uso de GH por um período curto em nada melhora as condições do corpo humano. Em resumo: há lugar na terapêutica moderna para a reposição hormonal do GH. É preciso uma boa avaliação médica, exames laboratoriais, administração por um período de meses com exames clínicos periódicos e exames de controle para se evitar os efeitos colaterais. Os bons resultados são aparentes naqueles que fazem o uso adequado levando a uma melhora do estilo de vida com recuperação de bons hábitos perdidos como a prática de exercícios, melhora do humor , disposição para as atividades e assim por diante. Curta Medicina Desportiva http://www.muscles.com.br/_colunistas/dr-antonio-felix/colunas/hormonio-do-crescimento/
2 Curtir
Panqueca protéica sab...
3 Curtir
abrir
HORMONIO DO CRESCIMENTO Dr. Antonio Felix - Médico Colunista de Medicina Esportiva ARTIGO MÉDICO – N. 53 - AUTOR: DR. ANTONIO FELIX DOS SANTOS FILHO – MÉDICO REPOSIÇÃO HORMONAL - HORMÔNIO DO CRESCIMENTO Com as evoluções recentes da medicina e ciências biológicas em geral, estamos observando vários usos práticos e modernos para o benefício do ser humano.Como exemplo temos a descoberta genética – recombinação – para a produção de medicamentos hormonais. Esses hormônios são utilizados para a reposição hormonal em pessoas necessitadas. Para que nós médicos saibamos se alguém está com deficiência hormonal é necessário que realizemos um exame físico geral e solicitemos exames complementares para confirmarmos esta deficiência. Como exemplo vamos citar pacientes do sexo masculino com baixa do hormônio do crescimento. Inicialmente vamos falar um pouco sobre este hormônio. GH- Growth Hormone – ou human growth hormone ( hGH) – hormônio do crescimento humano ( a estrutura do GH difere entre as espécies ): é um hormônio anabólico que afeta todos os sistemas corporais e é importante no crescimento muscular.É composto por 191 aminoácidos ( estruturas que formam as proteínas do corpo ). Antigamente as indústrias farmacêuticas produziam o GH a partir de glândulas pituitárias retiradas de cadáveres.Isto terminou em 1984 quando cientistas descobriram uma ligação entre este GH e o desenvolvimento de uma doença viral conhecida como “ doença de Creutzfeldt-Jakob. Em 1985 foi aprovada para uso a primeira versão da bioengenharia do hGH.Em 1987 outro produto recombinante – somatropin ou somatropina - foi liberado para uso. Em 1990, exatamente no dia 27 de julho o jornal Folha da Tarde, em artigo escrito pelo jornalista Lupercio Tomaz, na pagina 04, apresentou o autor deste texto, Dr. Antonio Felix dos Santos Filho como “um dos pioneiros na utilização do hormônio de crescimento no Brasil” em artigo cujo título é “ELIXIR DA JUVENTUDE”. Na época, um médico pesquisador americano apresentou um trabalho com idosos onde demonstrou que a administração do hormônio por um mínimo de 6 meses levava à melhora na espessura e elasticidade da pele, redução do tecido gorduroso, aumento dos músculos e fortalecimento dos ligamentos e tendões. Sabe-se que, a partir dos 30 anos de idade, a produção do hormônio de crescimento pelo organismo humano vai decrescendo até chegar em torno de um quinto daquilo que era produzido na adolescência. O GH tem seu uso preciso em determinadas doenças : BAIXA ESTATURA POR DEFICIÊNCIA DE GH ; PUBERDADE PRECOCE E USO DE GH ; EMPREGO DE GH EM ADULTOS COM DEFICIÊNCIA DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ; EMPREGO DO HORMONIO DO CRESCIMENTO EM IDOSOS( doenças com nomes antigos como nanismo hipofisário, etc ) contudo, vem sendo usado de forma indiscriminada por praticantes de esporte em todo o mundo e no Brasil. NOS CANTINHOS DE ALGUMAS ACADEMIAS PELO MUNDO TODO ALGUNS USUÁRIOS SEM CONTROLE NENHUM DIZEM QUE O GH POSSUE PROPRIEDADES ANABÓLICAS EXAGERADAS LEVANDO A UM GRANDE AUMENTO DOS MÚSCULOS E DA FORÇA CORPÓREA. Um alerta: embora o produto comprado de laboratórios reconhecidos seja inteiramente adequado para o uso, o mesmo não podemos dizer de frascos contrabandeados , vendidos ilegalmente, sem prescrição ou acompanhamento médico, os quais podem levar diversos danos ao organismo humano. Contudo, não se pode sair por ai comprando GH de qualquer modo.É preciso um bom acompanhamento médico de profissional que entenda desta área pois, existem vários efeitos colaterais como aumento da taxa de açúcar no sangue, hipertensão arterial, distúrbios cardíacos, deformações na face, mãos e outras extremidades do corpo.O uso indiscriminado do GH pode levar a uma doença conhecida como Acromegalia com hipertrofia do ventrículo esquerdo e diminuição da capacidade para o exercício. Este hormônio tem um preço relativamente alto em comparação com outros medicamentos.Como exemplo, nos Estados Unidos alguns atletas chegam a gastar cerca de 30.000 dólares (em torno de R$ 72.000,00 com o dólar a R$ 2,40 ) por ano somente com o GH. Está existindo um aumento crescente de interesse pelo uso do GH em homens com idade mais avançada pelos efeitos do hormônio nesta faixa etária, tais como: aumento da força muscular, melhora da densidade óssea, do aspecto da pele, da motivação, da composição corporal, redução da gordura e outros. EM RESUMO O GH, JUNTAMENTE COM OUTROS HORMONIOS, PROMOVE EM CERTAS FASES DA VIDA UM AUMENTO DOS ÓSSEOS, DA MASSA MUSCULAR, MELHORA NA ESTRUTURA DA PELE, NO ÂNIMO, DISPOSIÇÃO E ASSIM POR DIANTE. TAMBÉM, A SUA DEFICIÊNCIA VAI LEVANDO O ADULTO A MANIFESTAR SINTOMAS E SINAIS. Alguns estudos científicos americanos demonstram que o uso de GH por um período curto em nada melhora as condições do corpo humano. Em resumo: há lugar na terapêutica moderna para a reposição hormonal do GH. É preciso uma boa avaliação médica, exames laboratoriais, administração por um período de meses com exames clínicos periódicos e exames de controle para se evitar os efeitos colaterais. Os bons resultados são aparentes naqueles que fazem o uso adequado levando a uma melhora do estilo de vida com recuperação de bons hábitos perdidos como a prática de exercícios, melhora do humor , disposição para as atividades e assim por diante. Curta Medicina Desportiva http://www.muscles.com.br/_colunistas/dr-antonio-felix/colunas/hormonio-do-crescimento/
abrir página Muscles
20.376 atletas
seja mais um
Colunistas
Leandro Rhein
Neurocientista
André Della Creche
Prof. de Ed. Física
Dr. Antonio Felix
Médico
Wagner Rocha
Prof. de Ed. Física
Rosana Muchailh
Fisioterapeuta
Juliano Cardoso
Fisiculturista

#nicolenagrani
campeãs do bikini, figure, fitness, women's physique e ms. olympia:

Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Animal Pak - Universal

Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Caneca Modelo Muscles
Atleta Gourmet
seja nosso parceiro

Caseína


Ranking | 9 Votos | Votar







A caseína micelar é uma proteína de lenta digestão e, fonte de proteína rica que continua a alimentar os seus músculos por muito tempo depois da ingestão. De fato, estudos com essa forma de proteína isolada demonstraram que a caseína mantém estável os níveis de aminoácidos por incrível 7 horas. Mostrou-se eficiente para oferecer um forte efeito anti-catabólico não observado com proteínas de fácil e rápida digestão, como a do soro do leite (Whey Protein).

Apesar de as proteínas do soro do leite (Whey Protein) aumentarem a síntese protéica em um grau muito elevado, superior a caseína, os cientistas estão agora reconhecendo que a caseína micelar é muito mais importante na prevenção de lesões musculares. Na verdade, a pesquisa demonstrou que a liberação lenta e sustentada de aminoácidos de caseína micelar pode causar uma "liberação programada" de aminoácidos para a corrente sangüínea, que pode durar até 7 horas após a ingestão.

Caseína micelar é a forma natural da proteína encontrada no leite. Ela é separada do leite por meio de ultrafiltração, sem o uso de produtos químicos, o que aumenta a quantidade de peptídeos bioativos do leite, que reforça a função imunológica e promove o crescimento muscular. Uma propriedade da caseína micelar é que ela pode ter a capacidade de formar um "gel" no intestino. Isso proporciona uma constante liberação de aminoácidos na corrente sanguínea, o que torna uma excelente opção para uma duradoura proteína anti-catabólica.



- - - - - - - - - - Procurar por: Caseína - - - - - - - - - -


VBio e Esportes ? TUDO A VER
>> Leandro Rhein
Colunista de Saúde e Atividade Física
Olá amigos, quero falar um pouco sobre VBio e Esportes, e como essa técnica revolucionária poderá auxiliar o atleta e o praticante de exercícios físicos. VBio é uma t&eacu... Ver mais
Suplementos Alimentares
seja nosso parceiro

Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Luva para Treino de Musculação Modelo Bodybuilder

#ronniecoleman
campeões do mr. olympia:
Qual é o melhor Aminoácido?
Resultado


Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Lean Body Original (20 packs) - Labrada

Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Myoplex Original - EAS

Frete grátis, 10x sem juros e até 10% de desconto! CONFIRA
Glutamine Fuel - Twinlab
YouTube
AshleyKfit
@DianaFitness
Instagram
@ifbbvictormartinez





Comentários sobre Caseína
Deixe seu comentário ou adicione conteúdo.
charlesda silvca campos
GOIÂNIA - GO
10/04/2013

a caseina é um otimo suplemento para ingerir a noite


Deixe seu comentário ou adicione conteúdo sobre Caseína
Nome

Email (opcional)

Estado

Cidade
Aguarde, carregando...
Comentário/Conteúdo


Links externos

Título do site max: 30
Url ex: http://www.


. Animal